• Gustavo Gonçalves

Vendendo Conhecimento

A indústria da venda de conhecimento, é algo extremamente impactante e fascinante. Um universo a ser cada vez explorado onde as pessoas vendem o ensinamento de suas competências e habilidades.

Na foto, um casal sendo filmado por um celular preso a um tripé. Esta foto tem o objetivo de ilustrar pessoas que ministram cursos online.
produção-multimídia, curso-produção-multimídia, curso-de-produção-multimídia, curso-online-de-produção-multimídia, curso-marketing-de-conteúdo, gustavo-gonçalves, curso-personnal-branding,

Eu me lembro como se fosse hoje, nas décadas de 80,90 as pessoas diziam que ser professor era sinônimo de ganhar pouco dinheiro.


Hoje, nos deparamos com centenas e milhares de pessoas ao nosso redor gerando fortunas através do compartilhamento de seus conhecimentos, competências e habilidades.


São pessoas que geram seus famosos dígitos 6 em 7, 7 em 7, e alguns até os 8 em 7.


Mas afinal, que papo é esse de dígitos?


Nos Estados Unidos e em outros países, as pessoas costumam dizer quanto ganham por ano ao invés de dizer qual seu salário mensal.


Quando você ganha 6 dígitos por ano, isso quer dizer que você ganha 100.000 (Dólares) por ano. Isso já é considerado um padrão bom lá.

Quando você ganha 7 dígitos por ano, quer dizer que você já é um profissional na casa do milhão. Assim sendo, você ganha 1.000.000 por ano.

E sucessivamente, 8 dígitos, quer dizer que você ganha 10.000.000 por ano.


6 em 7, 7 em 7, 8 em 7, são nomenclaturas relacionadas aos "booms" de vendas online gerados em uma semana de vendas ou, em sete dias consecutivos.

Assim, o 6 em 7, são 100 mil em uma semana. 7 em 7, 1 milhão em uma semana, e, 8 em 7, 10 milhões em uma semana.


Com a crise nos perseguindo com seus picos a cada década, vemos mais pessoas inseguras e insatisfeitas. Ainda mais aqueles que são desligados de empresas, tem contratos rompidos e estão passando por sérios desafios financeiros.

O que essas pessoas tendem mais a consumir é: conhecimento.


Daí, esse fascinante universo da venda de conhecimentos que não para de crescer a cada instante.

E lá vem a pergunta do pessimista: e esse mercado já não está saturado? Te digo claramente que não. Pois se fosse assim, pararíamos os estudos há centenas de anos atrás.

Sempre tem gente nova com fome de conhecimentos novos ou, até daquele que já tem mas, compartilhado de forma diferente.


Tem quem venda origami, cursos de inglês, matérias especificas de saúde, jurídicas e demais mercados, tem quem ensine cozinhar super bem e aqueles que ensinam fazer o simples e delicioso bolo da vovó. Tem os que ensinam ganhar dinheiro, os que ajudam superar problemas emocionais e os que ajudam emagrecer. Ufffa! E tem muito mais que isso.


A pergunta que não quer se calar é:


Como faço para vender meu conhecimento?

Bom, eu já poderia te vender agora o meu te convidando ao processo de coaching personal branding (construção de marca pessoal) ou oferecendo meu curso online de produção multimídia. Mas vamos lá...


São 5 etapas imprescindíveis:


1ª DEFINA SUAS METAS E OBJETIVOS

Muita gente foca somente dos dígitos sem pensar no que seu curso online irá resultar para outra pessoa que está te assistindo lá do outro lado.


Por isso, é imprescindível que você defina as etapas do seu curso online. Qual seu planejamento para cada etapa?


2ª COMO FAZER UM CURSO ONLINE

Daí, é onde entra a questão da produção multimídia, do seu marketing de conteúdo. Como fazer seu conteúdo online?

Quais serão os equipamentos, ferramentas e recursos utilizados?


3ª TUDO NA VIDA É UMA QUESTÃO DE ORGANIZAÇÃO Essa é um frase que eu utilizo muito no meu dia a dia pois é um fato. A maioria dos desafios, dificuldades e problemas das pessoas por conta da falta de organização. Sempre nos deparamos com pessoas de sucesso e pessoas fracassadas. Uns organizados e outros desorganizados. Quem você acha que é quem em cada cenário?


Por isso é imprescindível organizar as etapas anteriormente definidas. Lembre-se: para tudo na vida há um protocolo. Defina então seus protocolos de ensino.


FERRAMENTAS

Existem dois tipos de ferramentas: as intelectuais e as digitais. O maior desafio das pessoas é como organizar suas ferramentas intelectuais. Agora que já fizemos isso, basta definir quais ferramentas digitais você irá utilizar. Seja websites, landins pages, sistemas de pagamento, portais de afiliação, aplicativos etc.



5ª QUEM NÃO É VISTO NÃO É LEMBRADO

Pois é. Como fazer a distribuição e veiculação para que seus conteúdos cheguem até seu público-alvo.

Nesta etapa, é onde definimos quem serão nossos avatares, com quem iremos falar, para quem é e, também, para quem não é seu curso online.


Após feito isso, vamos para as possibilidades de disseminação da sua informação. O tráfego online. Lembre-se: "nunca ponha os mesmos ovos numa mesma cesta". Faça variação de orçamentos em cada objetivo de campanha para o mesmo conteúdo.


E pense: quanto vale um cliente para você?

É como você pensar numa festa de casamento e quanto irá custar cada convidado por estar lá. É assim que devemos pensar em quanto irá valer cada lead nosso.




É seguindo essas verticais que você irá dar início a construção da sua marca pessoal e, se posicionar em seu mercado de atuação.

Sua credibilidade será construída com o tempo e com base nos resultados.


Gerar esses dígitos não é do dia pra noite.

Mas é importante começar. Que tal desde já? ;)

36 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo